Selecione o seu país ou região

Agora você está em Portugal (Português)
Página inicial / Serviços e soluções / Soluções para assistência médica / Cuidados a pacientes com demência / Projetando para cuidados com demência
TheComplexCondition_2135x600.jpg

Projetando para cuidados com demência

A condição complexa

Hoje, aproximadamente 50 milhões de pessoas no mundo todo convivem com a demência, condição que afeta mais de 60%¹ dos residentes de longo prazo. Embora cuidar de um residente com demência possa ser incrivelmente gratificante, a natureza e complexidade da condição significam que, à medida que ela progride, muitas pessoas desenvolvem comportamentos automáticos que podem criar situações difíceis e momentos de fricção no ambiente de cuidados médicos.

Na Arjo, temos mais de 60 anos de experiência e especialização na criação de soluções que melhoram a qualidade de vida dos residentes em cuidados de longo prazo e contribuem para maior satisfação no trabalho dos cuidadores. Trabalhamos em parceria com nossos clientes para entender melhor os desafios em constante transformação e as necessidades dos ambientes de cuidados com a saúde a longo prazo e lutamos para habilitar prestadores de cuidados médicos a aumentar a qualidade.



Projetando para cuidados com demência

No núcleo de nosso processo de pesquisa e desenvolvimento para cuidados agudos e crônicos estão nossos princípios de design. Esses princípios nos guiam não apenas no desenvolvimento do produto, como são também o fundamento de nosso portfólio e existem para garantir que continuemos atendendo as necessidades em constante evolução e os desafios dos ambientes de cuidados contemporâneos. Ao identificar as soluções mais adequadas para as necessidades diárias de adultos em nosso portfólio, seu ambiente de cuidados de longo prazo e seus residentes com demência, colocamos um foco particular sobre os seguintes aspectos:

 

Aparência familiar ou acolhedora                Cor e contraste                       Ambiente sonoro                            Mobilidade e dignidade

         Conforto e relaxamento                 Apoio à individualidade                        Apoio ao cuidador                  Apoio às interações de um para um

 

Referências

1. Associação Internacional da Doença de Alzheimer. Relatório Mundial do Alzheimer 2018. Londres: Associação Internacional da Doença de Alzheimer; 2018.

Guia Arjo para Arquitetos e Planejadores

Lucien de Kreek

Estamos à sua disposição!

Não encontrou o que procurava? Deixe-nos ajudar.